Por que ter uma máquina de vendas?
13 de Maio de 2014
Onde está o cliente ideal?
31 de outubro de 2018

Como está a saúde do seu negócio?

Os empreendedores, em geral, têm a concepção de que administrar o próprio negócio não é uma tarefa simples. É preciso ter competência para gerenciar as finanças, controlar o estoque, liderar equipes, delegar tarefas e tomar decisões estratégicas, com rapidez e precisão. Ser um empresário de sucesso é uma vitória a ser conquistada, que exige muito, por isso é preciso ter atenção e perspicácia para a tomada de decisões assertivas.

O diagnóstico da saúde empresarial é uma forma de analisar a maturidade da gestão do seu empreendimento. Durante alguns anos tem-se observado a frustração de empresários quanto aos lucros baixos, falta de crescimento do seu negócio e o estresse causado pelas demandas intermináveis. Muitos ainda enfrentam esses desafios, independentemente do ramo empresarial.

A afirmação de que estão saudáveis as operações de uma empresa, significa dizer que a produção está sendo feita sem muitos obstáculos, imprimindo uma velocidade crescente e alcançando impacto positivo nos resultados.

A avaliação da saúde do seu negócio se dá pela observação contínua de dois setores vitais: setor de marketing e o setor de vendas. Isto é igualmente importante para negócios emergentes. Caso você integre uma startup, a preocupação e a atenção constante voltados para o modo como o marketing e as vendas estão ocorrendo na sua empresa é imperioso.

Muitas vezes, empresas que estão em processo de crescimento, ao identificarem as principais dificuldades dos setores de marketing e de vendas tenham a percepção de que algo não está como deveria em diferentes âmbitos: o valor da marca, a publicidade, a atração de novos clientes, o crescimento e a qualidade das vendas.Os resultados encontrados acabam por mostrar uma “saúde” frágil.

O diagnóstico mais frequente para essas situações aponta a culpa à falta de comunicação entre os setores. Uma alternativa de solução é a troca de modelo de trabalho individual, de ambos os grupos, por um que os torne associados e colaborativos.
Muitos empreendedores têm conhecimento das dificuldades que devem ser, prioritariamente, sanadas. Isso os dispõe, constantemente, à busca de novas estratégias de gestão, além de formas de assegurar a saúde do negócio e obter uma margem crescente de lucro.

O marketing, utilizando muitas informações sobre os consumidores, dados demográficos, de comportamento e gostos, e sobre o relacionamento com a marca os atrai para o seu negócio. Entretanto, nem sempre, essas informações são repassadas para os profissionais de vendas, dificultando-lhes nas tentativas de fechar acordos com os potenciais clientes.

Acrescente-se o fato de ser muito comum, após a conclusão de uma compra, os responsáveis pela venda não darem um feedback de informações para a equipe de marketing. Ou seja, o desempenho de ambos fica limitado, em decorrência da falta de uma troca, uma efetiva e intencional comunicação entre as equipes.

Essa dificuldade será sanada com a implantação de um processo de vendas bem estruturado, integrando um bom planejamento de gestão, sempre focado na satisfação do cliente.